Correio de Carajás

Redes sociais viram ferramenta, mas candidatos vão às ruas em Marabá

Pandemia não impede candidatos do corpo a corpo nas comunidades faltando menos de um mês para as eleições

ELEIÇÕES 2020

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
46 Visualizações

A menos de um mês das eleições 2020, cinco chapas seguem firmes na tentativa de eleger o prefeito de Marabá, que sai das campanhas do médico cardiologista Doutor Veloso (PSL), da coligação “Marabá pode Mais”; da vereadora Irismar Melo (PL), da coligação “Marabá de Oportunidades para Todos”; do professor universitário Rigler Aragão (PSOL), sem partidos coligados; do prefeito Tião Miranda (PSD), que concorre à reeleição na  “Trabalhando por Marabá”; e de Toni Cunha (PTB), da coligação “Liberta Marabá”.

Com 179.307 eleitores aptos a confirmar no dia 15 de novembro, data do turno único, Marabá é o quarto colégio eleitoral do Pará. Para vereador, outra disputa é protagonizada por 321 candidatos a um cargo que desperta em muitos o desejo de exercer, visto que garante salário bruto de R$ 12 mil, sem contar outras regalias.

DOUTOR VELOSO

Por ordem da lista elencada no DivulgaCand, plataforma da Justiça Eleitoral, o primeiro candidato será Doutor Veloso, do Partido Social Liberal (PSL). Ele tem como vice a professora Cláudia Araújo e começou a campanha, para valer, no dia 27 de setembro, participou de uma caminhada no Bairro Bela Vista e reuniu com um grupo de moradoras do Bairro Carajás 2.

No dia 29 de setembro, Veloso participou do encontro dos candidatos a vereador de sua coligação, formada por PSL e MDB. Já no dia 30, o candidato caminhou pelas ruas do Bairro Independência. No dia 1º de outubro, uma caminhada nas folhas 6 e 7 foi o compromisso de campanha do pretendente.

Veloso, em mais uma agenda, visitou a Folha 25 e o Bairro Bom Jesus no dia 3 de outubro. Neste ínterim, o candidato mudou fotos de perfis nas mídias sociais e passou a publicar vídeos dos eventos da campanha. Em cada data celebrada, os parabéns aos envolvidos. De lá para cá, foi comemorado o Dia Nacional do Agente Comunitário de Saúde (4 de outubro), o Dia da Micro e Pequena Empresa (5 de outubro), o Dia das Crianças (12 de outubro) e o Dia do Professor (15 de outubro).

IRISMAR MELO

A campanha da única candidata mulher da disputa está a todo vapor desde o dia 28 de setembro, quando anunciou em suas páginas o início “de uma nova caminhada com ética, respeito e determinação no projeto de ser a primeira mulher prefeita de Marabá”. Ela desejou uma campanha que “toque o coração das pessoas e traga esperança de uma Marabá de oportunidades para todos”.

Irismar concorre pela coligação PL, PP e Rede Sustentabilidade. Tem como vice o pastor Moisés Moura, das fileiras do próprio partido. O número de campanha da candidata é 22 e tem no jargão “Agora é trabalho e coração” o mote do programa de governo.

Na noite de 28 de setembro, Irismar esteve na casa da família Cavalcante, na Folha 20, para expor as suas propostas. Ela foi acompanhada do candidato a vice na chapa. Já no dia 29, a postulante à Prefeitura de Marabá reuniu com moradores do Bairro Amapá. “Fico imensamente grata pelo carinho com que fui recebida”, escreveu em publicação.

RIGLER ARAGÃO

Assim como os demais candidatos, o professor Rigler Aragão (PSOL) faz uso constante das páginas sociais para apresentar seu amplo programa de governo. É o maior entre os cinco postulantes ao cargo de prefeito de Marabá, com 48 laudas encaminhadas para apreciação do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Como candidata a vice-prefeita, foi protocolado o nome da comerciária Kedyen Soares. Ela representa, na chapa, as políticas para a mulher. É uma jovem atuante na luta pela inclusão social.

No dia 28 de setembro, Rigler iniciou uma série com 50 motivos para votar no seu projeto. O primeiro deles foi a criação de uma concessionária municipal de transporte público. “Acreditamos que é possível superar a lógica da obtenção do lucro e oferecer um serviço de transporte de qualidade”, defendeu.

Outros motivos foram elencados ao longo dos dias de campanha. Combater todas as formas de machismo, aumentar a oferta de vagas na educação infantil, apoiar os estudantes indígenas que estudam em Marabá, implantar um Conselho Tutelar no complexo São Félix, construir unidades de saúde, reajustar salários, construir ciclovias e outros tantos.

TIÃO MIRANDA

O atual prefeito, Tião Miranda (PSD), tem investido nos canais digitais e na força da juventude para impulsionar as ações de campanha. Ele deu a largada na corrida eleitoral no dia 28 de setembro, quando atualizou seus perfis sociais com a identidade visual que adotou neste ano: uma esfera azul com o número do partido em verde e amarelo.

Tião tem como vice na chapa o ex-secretário de Educação e de Saúde Luciano Dias (Cidadania) e aposta em vídeos para atrair eleitores às suas plataformas de campanha nas mídias sociais. Ele coleciona 15.916 curtidas na página do Facebook e 14.500 seguidores no Instagram, engajados com as publicações.

Ao longo da linha do tempo do candidato, diversas obras executadas durante o mandato são expostas com o jargão “Meu partido é Marabá”, o mesmo usado pelo presidente Jair Bolsonaro no pleito de 2018. Lá são vistos postos de saúde, escolas e outras edificações fruto de quatro anos de administração.

A campanha de Tião criou um canal de diálogo com o eleitor intitulado “Zap 55”. Por meio dele, os apoiadores podem enviar vídeos que serão exibidos no programa eleitoral gratuito de rádio e televisão. Por falar em horário político, a primeira veiculação do atual mandatário começou com um narrador falando da dificuldade de revitalizar o município.

TONI CUNHA

Seguindo a ordem dos candidatos no DivulgaCand, é a vez de Toni Cunha (PTB). Um dos mais engajados nas mídias sociais, ele principiou a corrida para a Prefeitura de Marabá no dia 27 de setembro, em uma transmissão ao vivo ladeado da mulher, Lanúzia Lobo, e do candidato a vice, Dr. Haroldo Gaia.

Na sequência, Toni atualizou seus perfis com a foto oficial da campanha e o número “14” estampado em uma esfera com as cores do seu partido. Na foto de capa, o candidato aparece de mãos dadas com o companheiro de chapa e o slogan “Marabá pra você”. A campanha do trabalhista também criou um tema para redes sociais.

A largada de Toni nas ruas foi em uma caminhada no Bairro Liberdade, que aconteceu no dia 1º de outubro. No convite para o ato, ele esclareceu que o nome da coligação é “Liberta Marabá” e que o bairro urbano foi escolhido para simbolizar o início de uma campanha por liberdade. A Avenida Antônio Vilhena foi escolhida para concentração.

Também no primeiro dia do mês, Toni lançou uma carta à população, por meio da qual se apresenta e explica o motivo do rompimento com o atual prefeito. “Por este e outros motivos, optei por sair da minha zona de conforto e enfrentar um novo desafio: a eleição para prefeito”, concluiu. (Da Redação)

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Mais

Como o isolamento social impactou a saúde mental das pessoas

Como o isolamento social impactou a saúde mental das pessoas

O estudo “COVID-19, isolamento social e sofrimento psíquico: Fatores mediadores” mostrou os efeitos da solidão e do consumo de informação…
Clientes podem fazer cadastro no Pix a partir de segunda-feira

Clientes podem fazer cadastro no Pix a partir de segunda-feira

A partir de segunda-feira (5) será possível se cadastrar para usar o Pix, novo sistema de pagamentos e transferências instantâneas,…
OPAS avalia a atuação de Marabá contra a covid-19

OPAS avalia a atuação de Marabá contra a covid-19

A visita dos membros da OPAS – Organização Pan-Americana de Saúde – entidade ligada à ONU (Organização das Nações Unidas),…
Brasil tem 130 mil óbitos e 4,28 milhões de casos acumulados

Brasil tem 130 mil óbitos e 4,28 milhões de casos acumulados

O balanço diário do Ministério da Saúde trouxe, nesta sexta-feira (11), um total de 130.396 óbitos por covid-19 desde o início da…
Justiça do Trabalho anula processo eleitoral do Sindecomar

Justiça do Trabalho anula processo eleitoral do Sindecomar

A juíza Milene da Conceição Moutinho da Cruz, titular da 2ª Vara Federal do Trabalho, anulou em sentença expedida nesta…